Uma coisa pensa o cavalo Outra quem está a montá-lo

.posts recentes

. FORA DA BOUÇA QUE A BOUÇA...

. MIGUEL DE VASCONCELOS, ES...

. TAIPAS: CAPITAL, TRÊS PON...

. MALHARAM NO TINO

. COM PAPAS E BOLOS

. O ARMANDO ANDA DESPIDO E ...

. PIMENTA NO C* DOS OUTROS ...

. ANDAM A DEITAR FORA O NOS...

. OS BOYS CÁ DA TERRA

. GAMADO

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

O MEXILHÃO

A bicharia anda nervosa. Mostra os dentes. Rosna mas não morde. Faz escarcéu quanto baste na mira de desviar as atenções do fundamental.

 

Há muito que se sabe que a tal carrinha pertenceu a uma empresa de Braga da qual é sócio um irmão do actual presidente da Junta. Do irmão omito o nome mas da empresa aqui vai: Fibropainel. O outro sócio renunciou à gerência deixando a criança nos braços do mano  Veiga, sinal evidente de que alguma coisa não ia bem... A carrinha foi comprada pela Junta a um stand igualmente de Braga, que a teria recuperado porque o comprador, a Fibropainel, deixou de a pagar.

 

Além das perguntas que dr.Capela Dias faz há duas que ele não fez e eu acrescento: o contrato de compra e venda entre a Junta e o stand; e o livrete actualizado. E há uma terceira em tempos feita pelo dr. José Luis e que aqui se retoma: é ou não verdade que a carrinha estava penhorada (a favor das finanças, da segurança social ou da empresa de leasing) e mesmo assim a Junta fez o negócio, cometendo uma ilegalidade?

 

Sobre o inquérito aos desvios na Junta, que deu em águas de bacalhau, importa ir ao fundo em vez de ficar pela rama. Há na Junta quem à força de querer apanhar caça grossa perca o rumo e a razão. Para mim o que é importante não é chegar ao sr. engenheiro Remísio e ao PS para fazer disto campanha contra a pessoa e contra o partido. Para mim o importante é desvendar os mistéros de tanto dinheiro à solta, sem controlo e que tanta falta faz para obras pequenas ou para dar às associações da terra. A bagunçada e a desorganização escondem os buracos por onde o dinheiro foge. E não estou a pensar nos mil e quatrocentos euros. Estou a pensar em quantias muito mais chorudas que entraram e de que não há registo! A ocasião faz o ladrão, diz o povo, ms não é menos verdade que o ladrão esperto faz a ocasião e a balda da Junta proporciona desculpas convenientes.

 

Como as coisas estavam e estão, não há garantias de que todo o dinheiro que entrava  na Junta fica na Junta. Houve muito que fez geito a gente sem dignidade  e eu acredito que há mais do que uma pessoa que valeu da confusão.

 

A Arminda  foi apanhada e confessou. E quantas armindas estão na sombra? O instrutor Armando Marques não esconde a vontade de chegar ao ex-presidente. Disse na assembleia de freguesia e diz entre amigos. Eu acho que ele esta cego e a cegueira não o deixa perceber que toda a Junta anterior deve ser chamada a capítulo. Todos: engenheiro Remísio, arquitecto Constantino Veiga e Armando Abreu, porque todos estavam no mesmo barco e nada prova que à partida haja um mais culpado do que outros. 

 

Por isso o corerecto  não é a Junta encomendar mais processos. O correcto é a Junta pedir um inquérito ao mandato passado, sem exclusão de ninguém, e ao primeiro ano do mandato presente, também sem deixar ninguém de fora. Para que os factos sejam apurados sem dúvidas de protecção a este ou aquele, para que os factos sejam apurados sem que o processo pareça uma encomenda para manchar a reputação do engenheiro. Só se assim for feito não haverá dúvidas, porque houve o cuidado de salvaguardar a isneção e a imparcialidade das averiguações.

 

Para que ninguém diga que quem paga são sempre as armindas.


publicado por igrejavelha às 12:33

link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Anónimo a 24 de Janeiro de 2009 às 14:37
O Sr. Engenheiro Remísio não tem boa reputação. Só não mete para o saco se não poder. Ele é esperto e interesseiro e não dá ponto sem nó.
Reparem, 16 anos a lidar com dinheiros e interesses públicos, certamente que não foi só nos últimos 4 anos, em que o arquitecto Constantino e o Sr. Abreu estiveram na Junta, que os desvios de dinheiros aconteceram. É necessário investigar, doa a quem doer.
Este Sr. Engenheiro Remisio esteve na Turitermas , e juntamente com o Duarte, fez muitos estragos, e lidou com muito muito dinheiro e deixou aquilo num caos.
Se fez o que fez na Junta, imaginem na Turitermas !
Era interessante investigar!


De O Valentim Loureiro das Taipas a 24 de Janeiro de 2009 às 23:45
O Valentim Loureiro das Taipas:

1 - Entala o Tino com o Inquérito (lá no fundo o Tino como tesoureiro está também implicado).

2 - Entala o Ricardo Costa no emprego

E tenta desta forma ganhar terreno para ser candidato a Presidente da Junta.

Será que ainda ninguém conseguiu ver????

É mesmo Sacana...


De Anónimo a 25 de Janeiro de 2009 às 16:23
É verdade!
Amigos mesmo estes senhores do executivo.
Quem diria D.Arminda.....!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds