Uma coisa pensa o cavalo Outra quem está a montá-lo

.posts recentes

. FORA DA BOUÇA QUE A BOUÇA...

. MIGUEL DE VASCONCELOS, ES...

. TAIPAS: CAPITAL, TRÊS PON...

. MALHARAM NO TINO

. COM PAPAS E BOLOS

. O ARMANDO ANDA DESPIDO E ...

. PIMENTA NO C* DOS OUTROS ...

. ANDAM A DEITAR FORA O NOS...

. OS BOYS CÁ DA TERRA

. GAMADO

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

HISTÓRIA TERNURENTA COM FINAL INFELIZ

Era uma vez uma contabilista que contrariando as mais elementares regras recebia e contabilizava ao mesmo tempo.

 

Como a memória já não era fresca, e muito menos a dona dela, a senhora tinha lapsos. Por vezes recebia a massaroca e esquecia-se de a registar. Outras  recuperava a memória e retocava os registos dos dias anteriores, sempre com boas intenções e melhores justificações.

 

Outras vezes  ainda, a senhora era assaltada por problemas de consciência e o seu lado social e humanitário sobrepunha-se aos demais. Então, em nome da solidariedade, punha de lado as esmolas recebidas, recusando, por pudor, que figurassem em qualquer documento. E num gesto de pura economia de recursos, não perdia nem tempo nem tinta a passar recibo do que recebia, com isso poupando talvez milhares de euros aos senhores a quem servia.

 

Depois veio uma ASAE qualquer que não soube compreender e até enaltecer o esforço da santa mulher. Sem dó nem piedade disse-lhe que o que ela fazia estava errado.

 

Moral da história: nunca acredites nas aparências.


publicado por igrejavelha às 16:19

link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Anónimo a 14 de Dezembro de 2008 às 21:34
senhor Dr. sacristão da igreja velha os meus parabéns ficamos a saber porque se demorou tanto tempo a saber o que se passou com o dinheiro da cerveja e da carrinha agora sóvolta ver os tais talões de depósito que o Dr. tesoureiro ainda não mostrou a ninguém.


De juca vivo a 15 de Dezembro de 2008 às 22:32
História Ternurenta...
Contabilista, lapsos, massaroca, esquecimento, aparências... Já descobri! Tem nome e espero que seja conhecida a punição na sexta-feira, 19. ESPERA-SE LOTAÇÃO ESGOTADA. Reserve desde já o seu lugar na Assembleia de Freguesia.


De João a 24 de Dezembro de 2008 às 22:09
A contabilista que se prepare. Vem aí mais festa.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds