Uma coisa pensa o cavalo Outra quem está a montá-lo

.posts recentes

. FORA DA BOUÇA QUE A BOUÇA...

. MIGUEL DE VASCONCELOS, ES...

. TAIPAS: CAPITAL, TRÊS PON...

. MALHARAM NO TINO

. COM PAPAS E BOLOS

. O ARMANDO ANDA DESPIDO E ...

. PIMENTA NO C* DOS OUTROS ...

. ANDAM A DEITAR FORA O NOS...

. OS BOYS CÁ DA TERRA

. GAMADO

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

SOB SUSPEITA

Quem se der ao trabalho de ler os comentários que vão caindo neste blogue de pensamento livre mas respeitador, já se deve ter apercebido que alguns dos seus visitantes recuperam temas e casos do passado que ilustram práticas condenáveis de aproveitamento em benefício próprio de cargos públicos. Casos dos negócios pouco claros havidos nos bombeiros e na turitermas.

 

Mais recentemente, a suspeita renasce das cinzas e atinge em cheio a junta de freguesia, envolvendo funcionárias e políticos de ontem e de hoje.

 

Parece que as Taipas arrastam uma qualquer maldição, com fantasmas a aparecerem periodicamente do meio de uma acalmia podre e hipócrita.

 

Do caso dos terrenos do antigo quartel dos bombeiros continua a falar-se muitos anos depois do assunto ter sido considerado encerrado pelos principais protagonistas. Percebe-se neste permanente ressuscitar do assunto que subsistem muitas dúvidas que ninguém quis esclarecer, talvez pensando que o tempo apagaria da memória actos suspeitos. Alguém se governou, continua a ouvir-se.

 

De igual modo no que à turitermas diz respeito. Antes, devido às passeatas de administradores que em bando e em família se deslocavam ao estrangeiro em regime de pensão completa pago pela empresa. Depois, porque um administrador usa o carro da empresa em seu proveito exclusivo, com outras mordomias à mistura. Agora, porque um outro administrador goza do privilégio de fornecedor único da frota automóvel, negociando sem concorrência.

 

Quanto à junta de freguesia, como se não bastassem as tropelias quem envolvem a compra de uma viatura que pertenceu a uma sociedade do irmão do presidente em condições no mínimo manhosas, sabe-se agora que alguém meteu a mão no prato apoderando-se de dinheiro público.

 

Isto está a precisar de uma boa barrela, mas dói ver como a maioria dos taipenses, que é gente honrada e gente de trabalho, assiste a todos estes processos repetidos sem mostrar coragem para extirpar as metástases cancerígenas que ameaçam a sua vida.

 

Ao contrário do que algumas cabeças pensam, isto é bem mais sério do que à primeira vista parece. Até parece que não há cura para a maldição, mas há. Basta tirar a máscara aos suspeitos....ou não lhes dar confiança só porque são de boas famílias. Família, família e família política.


publicado por igrejavelha às 14:21

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

blogs SAPO

.subscrever feeds