Uma coisa pensa o cavalo Outra quem está a montá-lo

.posts recentes

. FORA DA BOUÇA QUE A BOUÇA...

. MIGUEL DE VASCONCELOS, ES...

. TAIPAS: CAPITAL, TRÊS PON...

. MALHARAM NO TINO

. COM PAPAS E BOLOS

. O ARMANDO ANDA DESPIDO E ...

. PIMENTA NO C* DOS OUTROS ...

. ANDAM A DEITAR FORA O NOS...

. OS BOYS CÁ DA TERRA

. GAMADO

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

Segunda-feira, 4 de Maio de 2009

GOSTO DISTO

Gosto dque me mandem uma bicadas, confesso. Deliro com os prodígios de imaginação dos que me lêem e comentam. Estejam à vontade que eu já me vou pôr a jeito para mais umas bardoadas.

 

Um caramelo chama-me burro outro comunista. A picada de insecto não faz o elefante desviar a atenção, apenas provoca irritação cutânea que passa com breve sacudidela.

 

Ao meu leitor mais inteligente pergunto se quer que lhe conte o negócio, quem o fez e quem está por trás dele e garantiu um rendimento certo e seguro para a vida de 300 patadas por mês. Claro, ilustre leitor, a empresa que deu a cara pelo negócio administra fortunas e não anda neste mundo por amor aos velhinhos, mas sim para ganhar dinheiro e quanto mais melhor. E o escondido do negócio ganha muito mas também gasta muito e dá muitos pontapés na ...sorte, percebeu. O que lhe vale é que há amigos que à custa da junta lhe querem garantir a velhice. Afinal, é uma outra forma de tratar dos idosos.

 

Quanto ao segundo leitor se acha que sou o que ele diz que sou então mais vale dedicar-se ao sudoku, porque não pesca nada de política. E também não é original, a não ser que seja sempre ele a dizer a mesma coisa com nomes diferentes, umas vezes anónimos outras com nomes artificiais que são igualmente falsos.

 

Adoro-vos leitores meus. Se vos conhecesse dizia de vós o que o poeta  A.Boto disse dos fedelhos. Como não vos conheceço nem tenho tal presunção, apenas vos dou conselhos. Ou concelhos? E fico a aguadar ansiosamente os vossos comentários. Não consigo viver sem eles, que quereis?


publicado por igrejavelha às 12:22

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds